Um blog com uma missão

Hello world! (Simplesmente adoro essa abertura padrão do WordPress =) Eu sei que colocar outro blog no mundo hoje em dia é uma tarefa difícil. Parece que tudo o que precisa ser dito, mostrado e compartilhado já está disponível na internet. Também sei que a maioria dos blogueiros desenvolve o conteúdo do seu blog a partir dos interesses da sua audiência (afinal de contas, essa é a forma mais certeira de atrair seguidores e leitores, escrever sobre o que eles desejam ler, certo?). Bem… Mas não é assim que as coisas vão funcionar por aqui 😉

A principal razão deste blog ter sido criado é para testar uma teoria (eu sou uma pesquisadora, então uma das coisas que mais amo é aprender, testar e desenvolver teorias e hipóteses). As estantes de todas bibliotecas e livrarias estão cheias de livros que têm uma receita mágica (ou teoria, quando o autor possui um sólido background) para ajudar-nos a alcançar as coisas que tanto desejamos. Pode ser encontrar o amor da nossa vida, treinar nosso cachorrinho, conseguir uma promoção ou viralizar uma campanha na web.

Não me leve a mal, esse tipo de livro pode ser muito útil, dependendo de suas intenções e de como você vai ler, interpretar e usar o conteúdo. E eis que, muito tempo depois de uma grande amiga minha e profissional talentosa ter me recomendado um desses livros que virou best-seller no mundo todo, eu decidi ler o exemplar que estava empoeirado na pequena biblioteca que tenho em casa. O livro em questão é o Outliers (Fora de Série).

Imagem roubada daqui.

Malcolm Gladwell estudou diferentes áreas para identificar profissionais que são fora de série e descobrir o que eles têm em comum. A web nos trouxe o desejo onipresente de nos destacarmos na multidão, seja através da beleza, da habilidade para ensinar truques de maquiagem, do estilo de vida invejável, um hobby, uma habilidade ou uma ideia excêntrica para gerar conteúdo. E praticamente todo mundo que tem um perfil no Instagram / Facebook / Twitter / Snapchat quer ser notado e se destacar na multidão.

Em seu livro, Malcolm Gladwell tem uma receita para você se tornar um outlier ou fora de série mas, para decepção de alguns leitores, a maioria das razões/variáveis que fazem alguém se tornar um outlier não pode ser controlada, tal como o seu legado cultural, por exemplo. Há apenas uma variável que pode ser controlada e alcançada por todos nós e, por isso mesmo, se tornou uma das passagens mais citadas e propagadas do livro: a regra das 10.000 horas.

Imagem roubada daqui.

Eu decidi testar a regra do Malcom Gladwell e ver se ela realmente funciona.

Para começar, escolhi algo em que já possuo alguma experiência e que será meu foco profissional nos próximos cinco anos: a pesquisa que desenvolvo na área de comunicação e publicidade. Tenho um mestrado em Comunicação e Semiótica e, após ficar alguns anos afastada da pesquisa acadêmica, no final de 2015 decidi retomar meus estudos e atuação profissional nessa área.

Escrever um blog com o meu ponto de vista e o aprendizado obtido a partir da leitura dos livros que fazem parte da bibliografia da minha pesquisa é a maneira que encontrei de testar a regra das 10 mil horas. Assim consigo focar nos meus objetivos e a pressão social (de publicação dos posts) ainda me ajuda a gerenciar o tempo e estipular um deadline.

Se cada post exigir, aproximadamente, 6 horas de leitura e pesquisa + 2 horas de escrita, com 125 posts publicados eu atinjo as 10 mil horas de trabalho. E se eu conseguir publicar um post por semana, em dois anos e meio consigo atingir esse objetivo. Uau!

Vamos começar a contar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s